Um loosho!

Archive for the ‘Outros looshos’ Category

Apresento pra vocês, a gatinha aqui de casa: Chica-Chica, mais conhecida como Chiquinha.

Meu sonho é ser como ela. Macia, suave, elegante-apesar-do-peso, tranquila, calma e despreocupada. Com seus óculos escuros e colar de pérolas, Chiquinha despreza qualquer gato sem raça definida, porque de sem raça pura, já basta ela.  Ela só pega os garotões de linhagem pura.

Chiquinha te despreza.


Ela já é mãe de família, apesar de todos seus filhos terem sumido, e só restado um, o Narizinho, também conhecido como Branquinho. O marido dela também sumiu, não aguentou criar tantos filhotes. Mas ela é guerreira. Castrou-se, engordou, mas nunca perdeu o charme.

Foto da família Chica.

 

E aqui, Narizinho, a prova concreta de que Chiquinha só sai com gatos de raça:

 

Olhos azuis, só pode ser filho de algum alemão rico.

 

Meu sonho é ser essa mulher batalhadora, empinada, mãe de família, fina e elegante. Que agora dorme em cima da minha mesa do computador, sempre que tô postando aqui pra vocês:

 

 

Espero que tenham gostado de conhecê-la. É nela que me inspiro sempre, pra fazer a minha famosa cara de desprezo:

Jacqueline te despreza, beibé. Ѽ

Anúncios

A Carlinha, do Equilíbrio Sempre, a Raquel do Ispilicuty, a Carolina Campos, a Juliana,  a Juh do Esmaltes e Etc,  a Lucy do Flows.,  a Jane do Lookbook Estilosas, a @wah_, @Anna_CarolCosta, e muitas outras twitteiras e blogueiras vão estar presentes no HEMOCE, sábado, dia 26/02, às 14 horas, para doar sangue.

Desculpem, com certeza esqueci muitas meninas, mas é porque a confirmação de muitas foi feita via Twitter, e fica difícil fazer a busca.

Escolhemos uma data próxima ao carnaval, pois sabemos da dificuldade que o HEMOCE está passando, em relação ao baixo número de bolsas no estoque, e o Carnaval infelizmente é uma data que o número de pessoas que precisam cresce enormemente.

Gostaria de contar com a presença de mais e mais pessoas. Levem sua família, seus namorados, namoradas, amigos!  Vai ser muito divertido fazer o bem. Uma única doação pode ajudar até 4 pessoas.

Para doar é muito fácil!

– Estar saudável;
– Apresentar um documento com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional;
– Ter entre 18 e 65 anos de idade;
– Ter mais de 50kg;
– Estar bem alimentado;
– Não ter comportamento de risco para doenças sexualmente transmissíveis.

DOAR SANGUE É SEGURO:

A doação não traz danos para o doador, já que o sangue doado é rapidamente reposto pelo próprio organismo. A quantidade de sangue coletada é de aproximadamente 450ml, ou seja, menos de 10% do volume em circulação no corpo. Logo após a doação o organismo começa a trabalhar para compensar a quantidade retirada, em 24 horas o volume será o mesmo e outros fatores e células do sangue estarão em níveis anteriores à doação em alguns dias.

Quem puder ir com alguma peça de roupa vermelha, pra gente poder se identificar, seria um loosho!

Sou apaixonada pelo Honda Civic desde a adolescência. Entra ano, sai ano, o carro muda, se transforma, e eu continuo lá, fã de carteirinha. Confesso que não é um  muito feminino, mas não tem jeito, é o meu preferido.

Sou louca por carros. Quem não é? Nem precisa entender de mecânica, o sonho de todo brasileiro é ter um (ou dois, três, quatro…)na garagem. E se a gente puder ter um que é a nossa cara, melhor ainda. Não vou falar do Civic, mas de carros que sou louca pra ter, e que são bem femininos. Aposto que vocês vão se apaixonar, também.

O primeiro é o New Beetle.

Podem fazer: owwwwwn!

 

Não dá. Não tem jeito. Por mais que já não seja mais tão incomum vê-lo pelas ruas, sempre que algum cruza o meu caminho, eu solto o famoso “own!“. É muito fofo. O interior é tão bonito, que colocar vidro fumê deveria ser considerado um crime.  É simplesmente apaixonante. É a versão loosho do antigo fusquinha. Meu pai já teve um fusca, branquinho, era o meu amor, o nome dele era Pombinho Branco. O New Beetle é todo moderno, tem air bag, ABS, e até o tal câmbio Tiptronic, que não faço ideia do que faz, mas acho esse nome muito legal.

E na versão cabriolet coupé?

Ok, já podem me matar.

 

Agora é a vez do Mini Cooper:

 

Sem comentários…

 

Conheci o Mini Cooper quando assisti o filme “Uma saída de mestre“, e não deu outra: fiquei louca. No filme não aparece nenhum cor-de-rosa, mas todas as outras cores são igualmente perfeitas. Acho até que se pintassem com cor de burro quando foge, eu gostaria. Ele é da BMW (uuuh!),  vende no Brasil e custa a partir de R$ 80.750. É pequenininho, mas o ponto alto dele é a velocidade, corre que é uma loucura. Basta assistir o filme, pra ter uma ideia.
Esse rosa com preto não é a coisa mais linda do mundo? Me dá?

 

Smart Fortwo:

 

 

Como o próprio nome diz, o Smart é pra duas pessoas. Já vi um desses aqui em Fortaleza, e quase bato a cara em um poste. Vou nem mentir que fiquei morta de inveja de quem tava dentro. É muito doce!  A gente sabe que mulher é um treco meio sem paciência, na hora de estacionar, principalmente. Imaginem como deve ser fácil com o Smart,  cabe em qualquer lugar. Cabe no bolso! (Ô mentira, exagerei) Custa a partir de 57.900, meio carinho, pro tamanho dele, mas a gente paga pela originalidade.

Ele também tem a versão cabriolet, e fica mais irresistível ainda, mas preferi mostrar pra vocês a parte da interna da versão  Brabus, que pode ser inteiramente personalizada. Olha só como ficou esse:

*cataploft!*

 

Chery QQme:

 

 

A Chery é uma marca chinesa que chegou com tudo aqui no Brasil. O preço mais baixo dos carros é o grande diferencial. Pelo que pude perceber, nas pesquisas que fiz, o QQme ainda não é vendido por aqui, nem sei se algum dia isso irá acontecer,  mas há outros modelos da marca já disponíveis. Mas como nós somos todas muito rykas, podemos encomendar alguns, né? Ele é vendido no Chile, que tal? É tão lindo que deve dar pena de usar.

 

Claro que esses carros podem ser usados por homens, mas que eles têm uma carinha bem feminina, isso eles têm. E vocês, têm algum outro carro que consideram bem femininos? 

Enquanto não posso comprar nem uma mobilete, fico aqui, sonhando com todos esses Ѽ

 


*post não patrocinado

Ué, por quê o susto? Tá pensando que só de tênis e equitação vive o o glamour nos esportes? Errou! Tiro Esportivo também é, principalmente se for praticado no Sniper Clube de Tiro.

Não sei se vocês já tiveram a curiosidade de ler o meu “sobre mim”, mas lá aviso que sou atleta de Tiro Olímpico. Tiro Olímpico, como o próprio nome diz, são as categorias que participam das olimpíadas. Atiro a modalidade Pistola de Ar, já faz quase cinco anos. Treino duas vezes na semana, participo de campeonato estaduais, nacionais, e espero, internacionais, daqui um tempo. Mas além disso, sempre estou lá pelo Sniper, pra me divertir, relaxar, fazer amigos.

O proprietário, Gustavo Fruet, figura super simpática e brincalhona, mas bem distinta, quando necessário. Foi meu treinador por 3 anos, e agora continua me apoiando no esporte de outras maneiras.

E sabe por quê o Sniper é um loosho? Vou te mostrar.

Qual outro clube de tiro que você conhece, que tem área de lazer com piscina? Chocou, né? Aposto. Ficou imaginando um lugar sujinho, cheio de areia, poeira, e um monte de homens metidos a valentões. Que nada! No Sniper sempre tem famílias inteiras. Enquanto o marido pratica tiro, do outro lado do clube as esposas se divertem com os filhos. Ou vice-versa, claro. Mulher também gosta de atirar…e ó… Atiram melhor que os homens!

Outra coisa que sou fã, são dos banheiros. Grandes, sempre limpinhos e bonitos, com sabonete líquido e hidratante para as mãos. São quatro no total, dois femininos e dois masculinos.
Lá também tem restaurante, com almoço.  Se quiser apenas um lanche, sempre tem alguém pra preparar um. Recomendo demais as batatinhas fritas e a mousse, são uma delícia.

Esses são dois dos stands de tiro que tem lá. O primeiro, com distância máxima de 25 metros, e o segundo com distância máxima de  100 metros. No primeiro você pode optar por acertar em latinhas de refrigerante (muito divertido, adoro!), alvos ou silhuetas de papelão. Há também outros stands, como o de Pistola de Ar, com ar-condicionado, e outros para o Tiro Prático.

Stand de 25 metros. (Sou eu!)

 

Agora vou mostrar algumas fotos minhas, pra vocês conhecerem melhor o esporte que eu pratico :)

 

Campeonato em Recife/ Campeonato em Fortaleza, em 2008. Modalidade Pistola de Ar.  (sou a de cabelo curto, nas duas fotos)

 

Aguardando a minha vez, no Tiro ao Prato (sim, o prato voooa!). Essa arma é uma 12. A famosa 12.

 

Carabina, calibre .22. Esse chapéu não é meu, só usei pra fazer charme. Tava atirando Silhueta Metálica.

 

Equipe feminina do Ceará.  2º lugar do Campeonato Brasileiro de 2010. Meu nome ali!

 

E não precisa ficar com medo: não é um esporte violento. Posso garantir que Futebol é muito mais violento que Tiro Esportivo. Nunca vi ninguém sair nem com um arranhão. E sempre tem monitores disponíveis, ajudando, ensinando, orientando, e todos são de uma simpatia enorme. Como o próprio slogan diz, o Sniper é um clube de amigos. É como se você estivesse em uma reunião divertida, conhecendo gente nova, se divertindo, sorrindo, contando piada…a única diferença é que você vai poder atirar entre uma piada e outra.
Ah! E sempre tem revistas femininas por lá, o que é muito importante ;)

 

Para maiores informações:

Fone: (85) 3250.2520 / FAX: 3250.1368

As meninas da secretaria vão te dar todas as informações necessárias, mas é tudo bem simples.. Não precisa seguir no Twitter, nem seguir no Facebook, nem dar RT em nada! :)

Que tal sair da mesmice? Chama o marido, o namorado, as amigas! Garanto que vai ser uma tarde divertida e inovadora. Já levei várias amigas e todas  adoraram, e repetiram a dose.

E aí, atirar é ou não é, Um Loosho? Ѽ


Jacqueline Brandão

Twitter

Arquivos

Anúncios