Um loosho!

Posts Tagged ‘camarão

Afinal, o nome desse blog é Um Loosho!, né?

O Sah Restaurante, que é especialista em comida mediterrânea,  é um daqueles lugares que você entra e sai admirando as cores das paredes, sabe? Eu sou louca pelas  listradas, vocês não têm noção. E se a primeira impressão é a que fica, já tive uma ótima impressão do Sah, logo que entrei. Tons de vinho, vermelho e roxo decoram uma das paredes do primeiro salão. O segundo salão, externo, é mais clean, mas não menos requintado.

Olha a parede! (meu amigo Filipe, and me, dois gatos de cinema)


Adoro ir em restaurantes chics e ALINHADOS, como diz a minha mãe. Fico me sentindo granfina. Os garçons são tão prestativos, que comentei que a mesa era alta demais, e logo um deles me ofereceu uma almofadinha. Fiquei morrendo de vergonha, recusei, mas ok, bola pra frente.

Fui ao Sah acompanhada de meus queridos Xons. Lucy (e seu respectivo), Rafa, Naiana e Filipe. Não foi recente, mas tenho certeza que a qualidade não mudou. Pedimos uma sangria, mas com champagne, uma delícia! Um Loosho!

Não posso comentar sobre o prato que cada um escolheu, pois não experimentei, mas o que eu pedi…experimentei bem direitinho, pode ter certeza.


Camarão Sah

O Camarão Sah tem seu ingrediente principal preparado de três formas: cozido no vapor, à milanesa, e salteado no alho e no azeite, acompanhado de abacaxi grelhado, purê de mandiquinha e alho poró. Muito bom! Sem contar na decoração, que é um charme. Todos os pratos são assim. Dá pra perceber que foram pensados e realizados com muito carinho.

E como é impossível jantar e não pedir uma sobremesa, fiz o meu pedido. Uma mousse de chocolate bem aerada, do jeitinho que eu gosto, e do jeitinho que uma mousse tem que ser.

Me dá! Quero mais!


Mas não fiquem pensando que parou por aí. Como vocês já devem saber, adoro banheiros. Sempre tiro fotos (tenho um álbum no Flickr só com fotos tiradas em banheiros), e o banheirinho do Sah me surpreendeu. Dá pra fazer o que tiver que fazer, retocar a maquiagem, lavar as mãos, enfim, dá pra fazer tudo, só não é muito grande, mas não é apertado. Mas o que me surpreendeu, foi a cor principal do banheiro: PRETA! Gente, amei. Claro que tirei foto, lógico que registrei o momento. Na foto aparece mais branco do que preto, mas foi problema da fotógrafa :)

E aí vai, pra vocês:

Toda miguxa.

O Sah tem estacionamento, e quando estiver muito cheio, dá pra estacionar na Igreja Betesda que tem logo ao lado. Fica ali na Barão de Studart, quase esquina com Santos Dumont. Pertinho de tudo que é bom.

Sobre o preço? De R$ 45 a 65,  pedindo prato principal e uma bebida. Pode ficar mais barato, ou mais caro. Só digo que vale à pena.


Endereço: Avenida Barão de Studart, 1043
Bairro: Meireles
Telefone: 3224-9618

*post não patrocinado

Estou com saudade de vocês. Não vejo a hora de me acostumar com a nova rotina, e voltar a escrever aqui o tempo todo. Além do trabalho, resolvi adoecer, e estou fazendo exames, raio-x…tudo leva a crer que estou com uma baita alergia, que me acompanha sem parar, há mais de 1 mês. Mas é a vida :)

Gostaram da dica loosho? Espero que sim! Ѽ

Anúncios

Sempre passava em frente, observada o movimento, a decoração, mas sempre tinha algum outro lugar em mente pra ir. Eis que um dia estou sem rumo certo, com meu amigo Xaxá (para os íntimos), e ele lembra do Dio Cucina. Eu nem estava com roupa apropriada pra um jantar, pois fomos direto do treino de tiro, pra lá. Mas foi-se o tempo que eu me preocupava em me vestir bem pra frequentar restaurantes (mas é claro que não saio de casa vestida com sacas de feijão). O que importa é o meu porte de mulher elegante (AHAM). Brincadeiras a parte, acredito que o que vale é o seu comportamento, e se tem  dinheiro pra pagar a conta.

Mas voltando ao assunto: Dio Cucina.

Além de restaurante, o Dio também é adega. E uma mega-adega. As mesas ficam entre as milhares de garrafas de vinho (mais de 300 rótulos), e o bom é que você pode ficar passeando pelas estantes  enquanto espera o seu prato. Vi uma cachaça grega com um frasco tão bonito, que quase comprei, só pra ter em casa.

Na parte da frente do restaurante você vai encontrar um lugar com iluminação mais indireta, mais intimista. Na parte de trás, há mais mesas e menos estantes, é mais iluminado e o teto é em formato de pirâmide. Achei muito bonito, e foi lá que resolvi ficar, até porquê estava sem minha câmera, e as fotos com o iPhone ficariam melhores no ambiente mais claro.

O ambiente que nós ficamos:

Imagem retirada do site do Dio Cucina.

 

O garçom foi gentil e simpático, e tinha um bom conhecimento sobre os pratos. Lugar que o garçom não sabe nem o que está vendendo, é inadmissível, na minha opinião. Não pedimos entrada, fomos direto para o prato principal, que chegaram à mesa muito rápido. Ponto positivo.

Eu pedi o Risoto de Camarões (R$ 37,00), com bananas douradas. Peço desculpas pela baixa qualidade das fotos. No site há o cardápio completo, com fotos  dos pratos.

 

Estava muito gostoso. O arroz utilizado é o arroz arbóreo, próprio para risotos. É um pouquinho mais durinho, mais firme que o arroz “caseiro”. Os camarões eram generosos, digamos assim. Adorei. Pedi Fanta Uva pra acompanhar, já que não bebo nada alcóolico.

O Xaxá  pediu a Costela de Cordeiro(39,00).

Ele gostou, sim, mas não amou. Estava mal passada demais, quase crua por dentro, na verdade. Poderia ter pedido mais bem passada, mas optou por comer do jeito que estava, mesmo. Pra acompanhar, pediu um espumante Nocturno, a garrafinha pequena (fofa!).

O ambiente não é do tipo que intimida. Não se preocupe achando que vai chegar lá e ter que sussurar pra conversar, como acontece em alguns restaurantes. Mas isso vai de pessoa pra pessoa, claro. Gosto de falar isso pois percebo que meus leitores sempre querem saber preços, como é o lugar, essas coisas. Podem ir, sem medo :)

Para a sobremesa, pedi a Taça Sonho de Valsa (não tenho certeza, mas acho que custou R$ 9,00), e o Xaxá pediu sorvete de chocolate com lascas de chocolate (não lembro o preço). Só tirei foto da taça, pois todo mundo já conhece sorvete, né?

Nham…

Creme de chocolate delicioso, um bombom Sonho de Valsa quebradinho por cima, crocante de castanha, sorvete de creme…e no fundo da taça, uma surpresa: um Sonho de Valsa inteirinho! Quando você fica triste achando que a sobremesa vai acabar…Aparece essa delícia. Bom demais!

 

Endereço: Av. Senador Virgilio Távora, 1727 – Fortaleza-CE
Telefone: (85) 3224-6074
Site: http://www.diocucina.com.br

 

Gostei muito e pretendo voltar, espero que vocês gostem, também Ѽ